Linea #69 vence as 6 Horas de Guaporé 2018

Em uma prova que contou com muita variação climática, a vitória das 6 Horas de Guaporé ficou com o Linea #69 da equipe MC Tubarão pilotado por Julio Martini e Matheus Stumpf. A corrida, que teve a largada às 16 horas do sábado no Autódromo Internacional Nelson Luiz de Barro, iniciou com tempo seco, mas esta condição mudou várias vezes até a bandeirada final. Durante as seis horas foram muitas paradas para a troca de pneu slick para radial e vice-versa.

A dupla vencedora cruzou a linha de chegada após as 6 horas, com 227 voltas completadas, totalizando 700 quilômetros percorridos durante toda a prova. A equipe MC Tubarão fez dobradinha, em segundo lugar chegou o Focus #5, da categoria GT, com os pilotos Carlinhos e Tiel Andrade, com apenas três segundos de diferença e em terceiro a Maserati #9 de Claudio Ricci, Telmo Tecchio e Daniel Scarton.

“Foi uma prova difícil, cheio de competidores de alto nível, o pessoal está andando muito rápido, ganhar uma prova dessas é uma alegria. O troféu no ano passado ficou com os nossos amigos da família Lemke e agora troféu continua em Sapiranga”, comemora Julio. Para dividir a pilotagem no Linea, Martini contou com um estreante na categoria, Matheus Stumpf. “Foi uma estreia muito boa, dividir a pilotagem com o Julio foi tranquilo e o carro estava rodando perfeito, no final da prova estávamos fazendo voltas com 1m16seg, tempo abaixo do treino classificatório”, ressalta o caxiense. “Tenho que agradecer a equipe que sempre me entregou um carro em condições de andar forte em todas as provas do ano”, complementa Martini.

Na TS o segundo lugar ficou com o Linea #31 de Juliano Salton e Rafael Biancini, em terceiro o carro #199 dos irmãos Marcelo e Rodrigo Lemke. Na categoria T1 a vitória ficou com os imbatíveis pilotos de Santa Cruz do Sul, Reinaldo e Ike Halmenschlager e Cassio Knak com o Gol #22, em segundo o Focus #63 de Erico e Edison Postal e Giancarlo Scomanzzon, e em terceiro o Onix de Sergio Rocha, Paulo Fontes e Paulo Weber. A vitória na T2 foi do Uno #95 pilotado pelo quarteto Cleiton Krauze, Niltão Amaral, Everton Braz e Erikson Brum, em segundo o Gol #53 de Marcio e Thiago Martins, em terceiro o Corsa #00 do quarteto Marcelo Dieder, Nelson Cardoso, Jonatan Bravo e Thalisson Cardoso. Finalizando, a TL teve mais uma vez a vitória da dupla caxiense Luiz Sergio Sena e Maicon Roncen com o Celta #197, em segundo o Corsa #81 de Ike Ramos, Rafael Bassani e Claudiomiro Pacheco, e em terceiro o Celta #451 do trio Mateus Alessio, Silvio Lodi e Nicolas Dall’agnol.

Fonte: LF Assessoria – Foto: Grégori Dai Prá