Fortes emoções: Copa Classic teve homenagem e prova movimentada em Tarumã

Uma etapa de fortes emoções, em vários sentidos. Assim foi a 2ª etapa da Copa Classic, realizada em Tarumã, no último fim de semana.

As emoções começaram com as homenagens a Carlinhos Andrade, piloto, preparador, criador da MC Tubarão e lenda do automobilismo brasileiro, recentemente falecido. Além da entrega de um troféu, a homenagem seria da melhor forma possível: em pista, com o piloto, filho e multicampeão de Endurance, Tiel Andrade, pilotando um Chevette réplica de um dos principais que Carlinhos guiou durante sua carreira, gentilmente cedido pela Baggio Racing e Gilmar Carlassara, que dividiu a pilotagem do carro.

Com bom grid (21 carros entre Classic e Fusca), as disputas foram outro componente da emoção: as duas baterias foram recheadas de pegas e mudanças na liderança e nas primeiras posições, com Leonardo “Passarinho” Flores largando na pole com o temporal de 1:15,8 com seu Fusca #55, mas as quatro primeiras colocações sendo revezadas na primeira bateria entre ele, o Opala #71 de Giuliano Giacomazzi, o Fiat 147 #40 de Schaedler/Josimar e o Gol #33 de Roberto Lacombe, sendo que estes dois últimos acabaram abandonando com problemas mecânicos, vencendo Passarinho, seguido de Giacomazzi. Outro bom pega foi entre o Omega #551 de Beto Carlassara e o Gol #22 de Vinetou Zambon, e entre carros da Copa Fusca.

Na segunda bateria a “pauleira” continuou, com o Omega de Carlassara (modelo que, para equilíbrio, foi liberado no regulamento apenas com pneus radiais e um carburador) chegando a assumir a ponta, e a disputa logo atrás pegando fogo, até que Lacombe se enroscou com o 147 na curva 1, batendo muito forte nos pneus, preocupando a todos, mas felizmente ficou só o susto e a “barata” muto avariada, obrigando a direção de prova a intervir com bandeira vermelha. Após a relargada, Passarinho veio com tudo, assumiu e abriu boa vantagem até vencer, finalizando com “barba, cabelo e bigode”. Logo atrás, um duelo de arrepiar os “GMzeiros”, com Omega e Opala 6 cilindros disputando, até que o Omega acabou abandonando. Vinetou Zambon havia se firmado na 2ª posição, mas teve o azar de um furo de pneu nas últimas voltas.
O resultado final da etapa ficou assim:
COPA CLASSIC CATEGORIA FL:
1º #55 Leonardo Flores – Fusca
2º #71 Giuliano Giacomazzi – Opala
3º #6 Gerson Lopes – Voyage
4º #22 Vinetou Zambom – Gol
5º #551 Gilberto Carlassara – Ômega
6º #33 Roberto Lacombe – Gol
7º #40 Thaigo Schaedler/Josimar Ribeiro – Fiat 147
8º #37 Gilmar Carlassara – Ômega
COPA CLASSIC CATEGORIA B:
1º #19 Juliano Taschetto/Darcy Reck – Gol
2º #69 Fernando Brock – Bianco
3º #39 Cleiton Krause – Uno
4º #14 Paulo Fontes – Fusca
COPA CLASSIC CATEGORIA C:
1º #5 Gilmar Carlassara/Tiel Andrade
2º #48 Sérgio Rocha/Cesar Vianna – Escort
3º #45 Rogério Assumpção/Anderson Baggio – Gol
COPA FUSCA:
1º #8 Moacir Fighera
2º #18 Silvano Brock
3º #52 Maximiliano Cassalha
4º #79 Norberto Correa
5º #44 Gabriel Miranda/Daniel Oliveira
6º #201 Marcelo Albuquerque
Confira as planilhas da etapa em RESULTADOS/ASFALTO.
Fonte/Foto: www.blogdopassatao.com/Niltão Amaral